É a sua primeira visita?

Entenda a Minha História.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Para um bom entendedor, meia palavra não basta.

Leia esse email.

“ Querida mamãe...

Te escrevo este email para agradecer tudo o que você tem feito por mim até hoje.
Todas as noites mal dormidas desde que eu nasci.
As cólicas de quando eu era bebê que não te deixavam descansar.
A preocupação que te causei na minha adolescência quando eu não voltada para casa porque estava na farra, e você ficava me esperando até muito tarde da noite.

Leia Mais...


Obrigada por ter me suportado em todos os meus ataques de raiva sem motivo.
Obrigada por todos os abraços de mãe que me destes quando eu mais precisava.
Obrigada por ter ido de mãos dadas comigo no meu primeiro dia de aula, me dando segurança em um momento tão inseguro para mim.
Obrigada por todos os elogios que me destes, que foram suficientes para que eu erguesse a cabeça de novo, mesmo que eu fosse precisar de todos esses elogios novamente alguns dias depois.

Obrigada por ter acordado todos os dias durante anos só para preparar meu café da manhã. Tenha certeza de que estarei lá quando você precisar, acordando quando for necessário, preparando seu café quando você não o puder fazer mais, cuidando de você como você me cuidou desde o dia em que eu nasci.

Embora eu esteja na correria, nunca esqueço de você, e achei importante parar meu dia para agradecer a pessoa que parou sua vida para que eu nascesse e me tornasse a pessoa que sou hoje.
Mamãe, te amo muito!
Muito obrigada por tudo que fizestes por mim, mais uma vez!”


E agora leia esse email.

“Querida mamãe,

Estou te escrevendo para agradecer tudo o que você fez por mim até hoje. Estou na correria hoje mas depois te escrevo com mais calma.
Não esqueça que eu te amo muito!”



Embora os dois emails digam a mesma coisa e tenham o mesmo objetivo, qual dos dois você acha que vai emocionar e arrancar uma lágrima do coração da mãe?

Quando a gente quer dizer alguma coisa, porque abreviamos tanto as frases?
Porque fazemos tudo tão curto e tão depressa?
Como é possível não ter tempo de escrever “também” ao invés de “tbm”, mas temos 25 segundos para esperar uma resposta no MSN, olhando para a tela sem fazer absolutamente nada?

Se estamos achatando tanto assim as palavras, não estaríamos achatando também nossos relacionamentos mais próximos, porque não temos tempo o suficiente?
Qual foi a última vez que você parou para escrever uma carta ou um email longo e detalhado para outra pessoa que se importe com você?

Quando é que você vai fazer isso?
A vida já é tão curta, porque temos que encurtar o seu significado?
Todos os problemas do mundo giram em volta da falta de comunicação.

Não deixe que esse problema faça parte da sua vida!

Diga, com todas as letras e todas as palavras possíveis, tudo o que está dentro do seu coração, para todas as pessoas que você ama.

Se as palavras já estão tão curtas e abreviadas, não deixe que os detalhes passem em branco.
Os detalhes podem fazer toda a diferença na vida de alguém.

Seja esse detalhe hoje.
Faça com que suas palavras tenham o poder de abraçar alguém.
Literalmente!



Beijo de Nariz!

Ler Próximo Post.

8 comentários:

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Branquinha e amigos, passem lá no blog, tem selinho para vocês, com carinho.

Veronica Gregório disse...

Adorei o texto! Emocionante. Tem razão querida! Vou vir visitar mais seu blog. Tava lendo sua história e amei! Beijos

Arte dos Gatos disse...

Lindo!

Luciana disse...

Lindo texto... linda mensagem!
Tem selinho pra vc no Com sal... Bjks

Rachel Garcia disse...

Branquinha, você está participando da enquete do meu blog para saber qual o(a) gato(a) mais gato(a) entre livros, porém você tem mais de uma foto lá, então eu gostaria de saber qual das fotos que postei de você entre livros voce gostaria que te representasse navotação. Aguardo uma resposta...
bjinhos

Gata Lili disse...

Concordo com você. As palavras são poderosas! :)

Laís disse...

Amei esse blog !Fiquei até emocionada ! Minhas gatas Rutha e Pink são mãe e filha e se odeiam ! Ao menos o Barum e a Luna (cães)são de paz !

Rachel Garcia disse...

Branquinha, querida, não recebi!!! Vamos recaptular o endereço: rachel25garcia@yahoo.com.br
Ficamos aqui aguardando, para a felicidade do meu irmão. Vc é o amor virtual felino do Gabriel. A gatinha da internet que ele mais gosta. Nunca vi isso rsrs Um bjinho

Postar um comentário

 
^